Sabemos que potabilidade da água é avaliada por meio de parâmetros que indicam se ela é adequada ou não para o consumo humano.  No Brasil, o padrão de potabilidade vigente está estabelecido na Portaria de Consolidação nº 5 do Ministério da Saúde, que consolidou as normas sobre as ações e os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde.

A TURBIDEZ da água é um desses parâmetros e neste artigo abordaremos este tema.

Turbidez na Água

A turbidez é uma característica física que indica as partículas (em suspensão ou colidais) que impedem a passagem de luz pela água. As partículas podem ser de areia, restos de folha e até mesmo seres vivos como algas, protozoários e bactérias que além de turbidez, também podem causar à água cor, sabor e odor. A turbidez, portanto, pode ser entendida como a medida do espalhamento de luz que é produzido por essas partículas.

A medida da turbidez é obtida por meio de aparelhos como o turbidímetro ou nefelômetro, com a comparação do espalhamento de um feixe de luz ao atravessar determinada amostra com o espalhamento obtido com o mesmo feixe e em iguais condições ao atravessar uma suspensão padronizada, sendo expresso em Unidades Nefelométricas de Turbidez (NTU – Nephelometric Turbidity Unity). Quanto maior o espalhamento, maior será a turbidez.

Análises laboratoriais dá água também podem ser realizadas para determinar o índice de turbidez. O tamanho das partículas pode variar e a análise de suas características, origens e granulometria auxilia bastante o tratamento específico a ser utilizado para a turbidez.

A erosão, o escoamento de água de locais impermeabilizados nas cidades e a contaminação proveniente de zonas de mineração  são os principais fatores que alteram a turbidez da água. Chuvas fortes também fazem com que as águas dos mananciais de superfície fiquem turvas em razão do carreamento de sedimentos pela enxurrada.

A turbidez pode ser encontrada em quase todas as águas de superfície, mas em geral, está ausente nas águas subterrâneas.  Quando a quantidade de partículas na água ultrapassa os valores máximos permitidos ocorre a diminuição da penetração da luz na água,  e, como consequência há a redução da fotossíntese de organismos vivos, como algas e fitoplâncton. Outra consequência séria desta quantidade excessiva de partículas na água é a sua sedimentação entre as pedras e pedregulhos do fundo, que acabam por eliminar os locais de desovas de peixes e o habitat de insetos aquáticos e invertebrados. Tratam-se as hipóteses de turbidez excessiva.

Certo é que a turbidez afeta as percepções e os comportamentos dos consumidores de água e daí a importância que se atribui a um tratamento adequado da água.

Filtro para Tratar a Turbidez da Água
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Google+
  • Evernote
  • Gmail

Filtro para Tratar a Turbidez da Água

Tratamento da Água

O tratamento de água para consumo humano inclui técnicas de remoção de partículas em suspensão ou colidais. As técnicas de tratamento incluem coagulação, floculação, decantação, filtração, desinfecção e fluoretação e garantem a eficácia na clarificação e desinfecção da água.  A filtração com membranas, especificamente, é considerado um processo de tratamento altamente eficaz para a remoção de vários compostos orgânicos dissolvidos, como agrotóxicos e microrganismos patogênicos.

Estações de Tratamento de Água (ETA) e Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) também são tecnologias eficientes para o tratamento da turbidez.

A FUSATI contribui para a questão da proteção e controle da qualidade da água de consumo humano. Com profissionais capacitados e envolvidos na questão da água, a FUSATI está a todo o momento criando produtos e tecnologias sustentáveis para a proteção da saúde humana.

Sumário
Turbidez na Água
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Google+
  • Evernote
  • Gmail
Nome do Artigo
Turbidez na Água
Descrição
A turbidez é uma característica física que indica as partículas (em suspensão ou colidais) que impedem a passagem de luz pela água. As partículas podem ser de areia, restos de folha e até mesmo seres vivos como algas, protozoários e bactérias que além de turbidez, também podem causar à água cor, sabor e odor. A turbidez, portanto, pode ser entendida como a medida do espalhamento de luz que é produzido por essas partículas.
Autor
Publicado por
Grupo FUSATI
Marca
Podemos ajudar! Fale com um especialista em Tratamento e Filtros de Água.
Powered by
Share This