Escolha uma Página

O que é Água Dura ?

é chamada assim porque não forma bolhas de sabão, dificultando processos de limpeza. Comum em poços artesianos, a água dura ocorre quando alguns íons minerais da água reagem com os sabões formando precipitados e não se forma espuma. Essa característica não altera a viscosidade ou aparência da água, mas a torna inviável para alguns processos.

Quando a água apresentar teores desses cátions acima de 150 mg/L, então a água é dura; se estiver abaixo de 75mg/L, a água é mole; e se for entre 75 e 150 mg/L, a água é moderada. Mais informações sobre a potabilidade da Água na portaria Min. da Saúde N.º 2.914 de 14 de dezembro de 2011.

A água dura dificulta a ação dos sabões na remoção da sujeira e da gordura. Os sabões são sais de ácidos graxos com uma longa cadeia apolar (hidrofóbica) formada por átomos de carbono e hidrogênio e uma extremidade hidrofílica.

O sabão é chamado de tensoativo aniônico, porque ele dissolve-se na água produzindo ânions e cátions. Seus ânions são os responsáveis por diminuir a tensão superficial da água e permitir a limpeza.

No entanto, os cátions de cálcio, magnésio e ferro II não são solúveis em água e reagem com os ânions do sabão formando compostos insolúveis.

Dessa forma, a composição da Água Dura anula a ação do sabão dificultam a limpeza e aderem ao tecido que está sendo lavado (ou à beira da pia, do tanque, da banheira etc.).

A água dura não pode ser usada na indústria, pois pode haver o risco de acidentes como a explosão de caldeiras, também não é boa para cozinhar vegetais, pois eles endurecem em vez de ficarem mais moles.

A água dura é causada pelo excesso de cálcio e magnésio. Muitas vezes outros elementos como ferro, zinco, estrôncio ou alumínio também estão presentes. O processo de reversão da água dura é chamado abrandamento.

Abrandador FUSATI

O processo de abrandamento ocorre através de troca iônica, eliminando as prejudiciais incrustações provocadas por depósito de ferro, cálcio e magnésio na tubulação e em equipamentos.

Os abrandadores são desenvolvidos para serem utilizados em vários tipos de indústrias. Entre elas, pode- se citar as indústrias químicas, têxteis, alimentícias, de bebidas, etc. São indicados ainda para a utilização em caldeiras, geradores de vapor, circuitos de refrigeração e outras finalidades.

Atualmente o principal uso da água abrandada é para geração de vapor nas caldeiras de baixa pressão de até 20 Kg/cm2, onde se recomenda utilizar a água de alimentação com teores de dureza menores do que 5 mg/l.

No processo de abrandamento de água não há uma redução do teor de eletrólito presente na água. O que existe é a substituição de cátions com características incrustantes por outros de características não incrustantes.

O abrandador é dimensionado de acordo com a necessidade de cada cliente, a partir de uma análise físico-química e bacteriológica da água.

Consulte também sobre Como Tratar água de poço

Estamos há mais de três décadas atuando no mercado de soluções e tecnologias de tratamento de água, com mais de mil clientes satisfeitos em todo o Brasil e dos mais variados segmentos. Entre em contato pelo e-mail fusati@fusati.com.br, pelo Whats App (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666 para auxiliarmos você.













Escolha o Produto ou Serviço






Por favor, diga Como nos Encontrou?




Sumário
Como Tratar Água Dura
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Google+
  • Evernote
  • Gmail
Nome do Artigo
Como Tratar Água Dura
Descrição
Água dura é chamada assim porque não forma bolhas de sabão, dificultando processos de limpeza. Comum em poços artesianos, a água dura ocorre quando alguns íons minerais da água reagem com os sabões formando precipitados e não se forma espuma. Essa característica não altera a viscosidade ou aparência da água, mas a torna inviável para alguns processos.
Autor
Publicado por
Grupo FUSATI
Marca
×
Olá, Podemos ajudar? Fale com um consultor!
Share This