Escolha uma Página
Filtragem, Tratamento e Reúso da Água nos Empreendimentos Hoteleiros

Filtragem, Tratamento e Reúso da Água nos Empreendimentos Hoteleiros

Sistemas eficientes de gestão da água devem balizar a administração dos empreendimentos hoteleiros. A sua adoção, além de agregar valor ao empreendimento demonstra responsabilidade social e ambiental. Neste setor a água tem um papel relevante nas atividades de turismo e lazer: saunas, piscinas, banheiras, SPAs, ôfuros, banheiros, vestuários, recreação, restaurantes, bares, cozinhas e serviços de lavanderia são exemplos das atividades, produtos e serviços que, de forma direta ou indireta, utilizam a água.

Numa perspectiva de gestão da água, os empreendimentos hoteleiros devem promover a adoção de boas práticas como filtragem, sistemas de reuso da água e tratamentos de efluentes.

Filtragem da Água

A Filtragem promove o processo físico de limpeza da água por meio de elementos filtrantes específicos para cada caso concreto. As partículas são removidas, a coloração, o odor e o sabor da água melhoram. Com a água adequadamente tratada a qualidade da gastronomia, dos banhos e das roupas de cama melhora de forma significativa. Acresça-se a isso a economia gerada no gasto energético!

A Portaria de Consolidação nº 5 do Ministério da Saúde, que consolidou as normas sobre as ações e os serviços de saúde do Sistema Único de Saúde, no seu Anexo XX dispõe sobre os procedimentos e as responsabilidades relativos ao controle e à vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade (fixando os valores máximos permissíveis para as características físicas, organolépticas, químicas e bacteriológicas da água potável, ou seja, a que pode ser consumida pelo homem sem causar prejuízos à sua saúde), e dá outras providências.

O artigo 39 da mencionada Portaria estabelece que a água potável deve estar em conformidade com o padrão organoléptico de potabilidade expresso no Anexo 10, abaixo reproduzido:

NOTAS:
(1) Valor máximo permitido.
(2) Unidade Hazen (mgPt-Co/L).
(3) Intensidade máxima de percepção para qualquer característica de gosto e odor com exceção do cloro livre, nesse caso por ser uma característica desejável em água tratada.
(4) Unidade de turbidez.

Entende-se, portanto, que o controle da qualidade da água é um dever de todo meio de hospedagem, para que a saúde de seus hóspedes e colaboradores seja preservada e para propiciar a eles melhor conforto.

Tratamento de Efluentes e Reuso da Água em Hotéis e Pousadas

Sistemas sustentáveis como o tratamento adequado para efluentes gerados, a captação e reuso de água fluvial também traduzem práticas que minimizam o impacto ambiental e são viáveis para o segmento hoteleiro. Sabe-se que o consumo de água em meios de hospedagem é elevado, e, portanto, a geração de efluentes, principalmente dos quartos, lavanderia e cozinha, também é elevada, principalmente em hotéis que não desenvolvem ações voltadas à redução do consumo de energia e água.

O tratamento dos efluentes deve ser feito e de maneira adequada, de forma a evitar contaminação do lençol freático e das fontes locais de água potável. A sua ausência ou inadequação pode trazer doenças sérias aos hóspedes e colaboradores do hotel. Com o adequado tratamento da água residual, esta mesma água pode ser reutilizada no próprio empreendimento, como, por exemplo, na irrigação dos jardins, lavagem de calçadas, lavagem de panos de limpeza e outros serviços. Acresça-se aqui a necessidade de monitoramento ambiental dos poços artesianos para os hotéis, hotéis fazendas, pousadas etc., em que a fonte de abastecimento de água é o poço artesiano.

Outras ações eficazes são: a diminuição de água nas descargas dos vasos sanitários, redutor de fluxo da água para as duchas e utilização de serviços de lavagem a seco. Um bom trabalho de conscientização ambiental com os hóspedes e colaboradores também pode trazer resultados positivos.

Essas ações de sistemas de gestão da água são, além de boas práticas do ponto de vista ambiental, viáveis e lucrativas, do ponto de vista econômico. Podem ser implantadas a curto prazo e não são necessárias grandes transformações nos empreendimentos.  São ações que também refletem no marketing dos hotéis, pois reforçam uma imagem sustentável e aumentam a lucratividade, além de melhorar o clima organizacional daquele ambiente.

Também merece destaque neste segmento a obtenção da certificação ambiental da ABNT. Os indicadores da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas NBR 15401:2006 estabelece os requisitos de sustentabilidade para os meios de hospedagem nas dimensões da sustentabilidade ambiental, sociocultural e econômica.

Os empreendimentos hoteleiros devem, portanto, aderir às causas ambientais e investir conscientemente no desenvolvimento sustentável, valendo-se de boas práticas e de sistemas e tecnologias eficientes para garantir a qualidade da água fornecida aos seus hóspedes, o tratamento de seus efluentes e a reutilização da água.

Uma gestão da água eficiente, com a adoção de tecnologias e processos que visem à conservação da água em quantidade e qualidade, portanto, é determinante para o sucesso do negócio. A FUSATI fornece Sistemas de Tratamento de água completos, eficientes e adequados ao seu modelo de negócios! Consulte-nos!!

Tecnologia em Sistema de Tratamento de Água para Indústrias e Cidades

As Estações de Tratamento de Água, Efluentes e Esgoto são sistemas que recebem as cargas poluentes de processos industriais e/ou de cidades e devolvem o efluente tratado para um fim diferente, seja para natureza ou para a reutilização.

ETA

Estação de Tratamento de  Água

ETE

Estação de Tratamento de Esgoto

O Tratamento da Água no Ambiente Hospitalar

O Tratamento da Água no Ambiente Hospitalar

A importância da água para a economia e a consequente necessidade de geri-la e explorá-la de forma adequada é atualmente inquestionável. A água é o recurso ambiental que garante a sobrevivência biológica e que mantém as atividades da indústria, da agricultura, do comércio, da geração de energia e de todos os segmentos vinculados ao fornecimento de produtos e serviços. O uso adequado e a gestão eficiente dos recursos hídricos, portanto, são questões de interesse público.

No ambiente hospitalar o consumo de água é muito alto e a sua qualidade segue critérios de potabilidade e minerabilidade diferenciados. A água que é considerada própria para o consumo humano não é assim considerada para o uso hospitalar. Isso porque, dependendo do tipo de uso os requisitos de pureza variam de forma a evitar possíveis focos de contaminação e complicações na saúde dos pacientes.

Cada uma das aplicações da água em hospitais exigem qualificações específicas que determinam o nível de segurança para seu uso. Dentre as principais aplicações do uso da água nos hospitais estão:

  • Higiene pessoal dos funcionários e pacientes;
  • Preparo de alimentos;
  • Higienização das instalações, lavagem utensílios de cozinha e roupas de cama e banho;
  • Higienização de materiais de saúde;
  • Procedimentos como a hemodiálise.
O Tratamento da Água no Ambiente Hospitalar

A Importância do Tratamento da Água num Hospital

O Ministério da Saúde, o Conselho Nacional do Meio AmbienteConama e a Agência Nacional de Vigilância SanitáriaANVISA determinam a realização periódica de análises de água visando a preservação e/ou o monitoramento da qualidade da água utilizada nas suas diversas aplicações dentro dos hospitais. As análises de água hospitalar detectam a presença de elementos que possam comprometer a sua qualidade, como microrganismos, metais, resíduos químicos etc. É certo, portanto que, dentro do ambiente hospitalar o controle de qualidade da água é de extrema importância e deve seguir à risca os critérios previstos na legislação aplicável.

No caso da hemodiálise, por exemplo, a qualidade da água é crucial para a garantia da vida uma vez que os pacientes renais estão suscetíveis a altos riscos de contaminação. Durante uma única sessão, com duração de cerca de quatro horas, são necessários até 400 litros de água desde o processo inicial. A água entra em contato direto com a corrente sanguínea do paciente para que ocorra a diluição de soluções concentradas de sais e a filtração no sangue e por isso a sua qualidade e pureza precisa ser rigidamente controlada. Se não for corretamente tratada, a água pode transferir vários contaminantes (químicos, bacteriológicos e tóxicos) para os pacientes, podendo causar diversos sintomas, induzir alterações metabólicas importantes ou até levar à morte.

O tratamento, armazenagem e distribuição da água a ser utilizada no processo de hemodiálise devem seguir as normas estabelecidas pelas autoridades governamentais e são feitos por meio de aparelhos tecnológicos específicos como filtros de águas, abrandadores, filtros de carvão ativado, deionizadores, filtros de carvão ativado, ultrafiltração e osmose reversa.

A purificação da água se inicia com o pré-tratamento que consiste em filtração, abrandamento e adsorção de substâncias através de carvão ativado. O filtro central remove corpúsculos e resíduos presentes na água, os abrandadores removem íons de cálcio e magnésio e outros cátions polivalentes como o ferro e o manganês, e, o filtro de carvão ativado adsorve cloraminas e substâncias orgânicas. Finalizado o pré-tratamento dá-se início ao tratamento propriamente dito, que pode ser realizado pelo método osmose reversa. A osmose reversa, em síntese, é realizada por meio de um processo que consiste na passagem da água pura de uma solução salina através de uma membrana semipermeável. As membranas dos equipamentos de osmose reversa são capazes de retirar íons com grande propriedade, produtos bacterianos e microrganismos.

A qualidade da água utilizada na lavanderia hospitalar também merece destaque, pois é um setor que está exposto a um alto risco de contaminação. A água não deve conter sais de cálcio e magnésio a fim de evitar desperdício à base de sabão, além da destruição prematura da roupa e diminuição da capacidade de absorção do tecido, tornando a roupa áspera e acinzentada. Tampouco deve conter ferro ou manganês, que amarelam e danificam as máquinas. A filtragem com elemento adsortivo é capaz de eliminar o ferro, o manganês e a matéria orgânica.

Os processos de higienização e muitos dos processos de esterilização também utilizam água e a sua qualidade é de extrema relevância. Assim, cada processo do ambiente hospitalar requer características especificas da qualidade da água, sendo que é necessário seguir esses parâmetros.

Uma boa gestão hospitalar no que se refere ao uso, aproveitamento e tratamento da água, bem como ao gerenciamento de resíduos (efluentes) é imprescindível para a saúde pública e para o meio ambiente. Uma possibilidade viável para o aproveitamento de água dentro dos hospitais é o reuso da água. O reuso da água para fins não potáveis é viável dentro de diretrizes e normas emitidas pela ABNT e se realizado adequadamente em respeito às normativas, não acarretará prejuízos à saúde humana e nem ao meio ambiente.

Filtro de Água • Tratamento de Efluente • FUSATI Filtro de Água e Tratamento de Efluente

De forma geral, as águas de reuso poderão ser utilizadas em atividades que prescindem de água dentro dos padrões de potabilidade como irrigação dos jardins, lavagem de pisos e calçadas. Para a implementação de um Sistema de Tratamento e Reuso de água é necessário um estudo prévio do local, com a verificação do sistema de abastecimento de água e de quais setores forneceriam a água com a qualidade necessária para ser reaproveitada. Tal sistema geralmente contém depósitos de águas residuais, recursos para filtragem de água, um tanque para armazenamento de água filtrada, recursos para cloração de águas residuais e recursos de controle do processo de tratamento.

Dentre os inúmeros benefícios de se fazer o reuso de água está a redução do lançamento de efluentes em cursos d’água, possibilitando uma melhoria na qualidade das águas e a redução de captação de águas superficiais e subterrâneas, aumentando a disponibilidade de água potável. Para além das questões principais de sustentabilidade e de conformidade legislativa, a prática do reuso também proporciona uma relevante economia para os hospitais.

A FUSATI é empresa especializada em soluções completas para tratamento de água, efluentes industriais e doméstico e oferece tecnologias seguras e avançadas em Sistemas de Filtração de Água, Ultrafiltração, Osmose Reversa, Sistemas de Tratamento e Reuso de Água e Decloração e Dessalinização para as aplicações específicas da água nos hospitais, proporcionando resultados positivos em relação ao seu consumo.

Exemplos de Hospitais Clientes FUSATI:

Hospital Unimed Araras – Cidade de Araras – SP
Hospital de Olhos Rio Verde – Cidade de Rio Verde –GO

Preencha o formulário que entraremos em contato!













Escolha o Produto ou Serviço






Por favor, diga Como nos Encontrou?




Estação de Tratamento de Esgoto: por que investir?

Estação de Tratamento de Esgoto: por que investir?

A importância do investimento em Estação de Tratamento de Esgoto – ETE

Com as crescentes preocupações ambientais e legislações, o tratamento de águas residuais é obrigatório para melhorar continuamente os padrões de descarga e reduzir riscos ambientais.

Por isso, é tão importante investir num sistema de tratamento de esgoto, seja ele próprio ou não.

As Estações de Tratamento de Esgoto – ETE – são  sistemas que recebem as cargas poluentes do esgoto e devolvem o efluente tratado para um fim diferente, seja para natureza ou reutilização.

Esse tipo de tratamento, além de reduzir os impactos ambientais, evita que as empresas sejam responsabilizadas judicialmente pela destinação incorreta do seu efluente. Isso significa uma verdadeira economia industrial, em dois sentidos:

  • o efluente pode ser reutilizado em outra função diminuindo a necessidade de captação de água;
  • a empresa não corre riscos de multas e punições governamentais.

De acordo com a Lei 9.433/97, a Lei das Águas, empresas que não adotam o descarte correto de efluentes estão sujeitas a fiscalização e rígidas penalidades, muito piores do que os custos de adequação à Lei.

É devido acrescentar que a Lei contribui para a preservação, que embora negligenciada, é necessária para a própria permanência do negócio no futuro.

 

Tipos de tratamento de esgoto

O processo de tratamento industrial ou as ETEs industriais pode revelar-se complexo, por isso há empresas de saneamento que oferecem esse tipo de serviço. Águas residuais podem incluir esgoto doméstico e esgoto industrial resultante das atividades de produção.

Geralmente o termo efluente está relacionado ao resíduo da produção de uma indústria, por exemplo, e o esgoto ao resíduo de banheiros.

Existem vários processos usados ​​para tratar o esgoto, como armazenar a água em tanques e dividir a água da superfície, wetlands e vários sistemas, a depender do tipo de resíduo.

O esgoto é geralmente de três tipos:

Esgoto doméstico: É gerado através da rotina diária doméstica e inclui banheiro, banho, lavagem de roupas, utensílios de cozinha, limpeza, entre outros. Esta água reciclada é usada para irrigação, lavagem de quintais, pátios, carros ou para outros trabalhos que não utilizem água potável.

Esgoto industrial: é gerado através das atividades realizadas na indústria ou nas fábricas. Contém produtos químicos, sólidos e óleos que não podem ser dissolvidos em água, assim como materiais orgânicos. A utilização do efluente tratado depende da natureza do resíduo. As fábricas de cerveja, por exemplo, utilizam os efluentes de forma que o resíduo se torna parte integrante da economia da empresa. Outras indústrias, como a farmacêutica, exigem elevado nível de cuidado.

Esgoto pluvial: A água da chuva e outras águas naturais contêm os materiais orgânicos que não são de todo prejudiciais. A poeira dissolvida é purificada para torná-la reutilizável e fornecida por meio de tubulações.

Há diversos tipos de tratamento, entre eles estão:

 

Estação de tratamento de efluentes – ETE – Tipo Wetland

São sistemas naturais de tratamento de efluentes que tiram partido do conjunto solo-planta para o pós-tratamento de efluentes. Simulam e aceleram as condições naturais encontradas nos terrenos alagados naturais. Isso significa que são utilizadas plantas no tratamento.

São elaborados com a finalidade de receber esgotos previamente tratados e proporcionar um incremento na qualidade desse esgoto. Possui grande eficiência para o tratamento de efluentes domésticos e industriais. É um excelente método de tratamento, porém exige espaço para implantação.

Estação de Tratamento de Efluentes Industriais – ETEI

Na maioria dos casos, o esgoto industrial é tratado internamente pela indústria, separado em tratamentos específicos, ou tratado até conjuntamente nas etapas biológicas dos tratamentos de efluentes industriais.

O tratamento biológico dos despejos industriais leva em consideração principalmente alguns aspectos e conceitos, como: biodegradabilidade, tratabilidade, concentração de matéria orgânica, disponibilidade de nutrientes e toxidez.

Uma estação diferente da wetland, que exige menos espaço e pode ser implantada verticalmente.

ETE própria

Como vimos, uma estação de tratamento de esgoto doméstico ou industrial requer um planejamento e muita seriedade da empresa que implanta o serviço.

O tratamento dos resíduos em estação própria exige que a empresa esteja qualificada para a instalação, operação e performance, dispondo de investimento, mão de obra qualificada e equipamentos adequados.

A melhor opção de tratamento vai depender ainda da localização da empresa, investimentos dedicados ao projeto, processo de geração dos resíduos e espaço físico da empresa.

A Fusati oferece soluções sustentáveis para o tratamento de todos os tipos de águas residuais.

Fornecemos soluções completas para o tratamento de efluentes, tratamento de efluentes comuns e tratamento de esgoto, que inclui tratamento físico, químico e biológico baseado em tecnologias avançadas.

Com instalações que já operam com sucesso, nossos projetos oferecem instalação e operação compacta da planta, geração mínima de resíduos e trata a água de acordo com os padrões especificados.

Dentre algumas de nossas Soluções, temos:

  • Biocombo com Tratamento Avançado e Ultrafiltração;
  • Osmose Reversa;
  • Sistema de Tratamento de Esgoto;
  • Sistema de Tratamento de Efluentes;
  • Estações ETA (Estação de Tratamento de Água);
  • Soluções Personalizadas para o Tratamento de Água e Efluentes;
  • ETEs Industriais;
  • ETE compacta;
  • Desodorização de ETE;
  • Mini estação de tratamento de água.

O Grupo Fusati atua em todo o Brasil, garantindo a máxima eficiência no atendimento aos clientes, com profissionais altamente capacitados.

Ao implantar um sistema de tratamento de esgoto, a indústria diminuirá os gastos com água potável e esgoto, a partir da reutilização da água tratada.

A partir do tratamento dos efluentes, estará também contribuindo para a preservação de nascentes, rios, lagos e mares, evitando a contaminação do meio ambiente.

Com isso, aumentará a satisfação da comunidade e dos colaboradores em relação à organização. Devido às vantagens apresentadas, não há dúvidas de que investir no tratamento de efluentes é a melhor opção.

O Grupo Fusati tem como premissa a venda de produtos em associação com a excelência em serviços pós-venda, pois a confiabilidade na operação dos nossos equipamentos é a nossa maior prioridade. Nosso compromisso é buscar sempre a superação das expectativas dos nossos clientes e garantir um serviço completo de assistência técnica nacional.

Oferecemos serviços de treinamento do operador, manutenção preventiva e corretiva e assistência técnica em todo o território nacional. Consulte sobre os planos de manutenção para contratação de serviços específicos para as necessidades da sua empresa.

Entre em contato com a Fusati para que nossa equipe faça um orçamento personalizado, de acordo com as suas necessidades e preferências.

Envie e-mail para fusati@fusati.com.br, ou se preferir, fale com a Fusati pelo WhatsApp (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666, ou ainda, através da página de contato.

Água de Chuva e Água de Reuso

Água de Chuva e Água de Reuso

Atender a demanda por água nos dias de hoje exige uma maneira diferente de pensar sobre o seu uso e reuso.

O papel potencial da reutilização de águas residuais tratadas como uma fonte alternativa de abastecimento de água é agora reconhecido pela sociedade em geral e incorporado nas estratégias de governos nacionais e internacionais. A reutilização de águas residuais tratadas pode proporcionar benefícios ambientais, sociais e econômicos significativos.

Conheça 6 possibilidades de água de chuva e água de reúso:

1)    Irrigação paisagística;

2)    Irrigação de campos para cultivos;

3)    Usos industriais;

4)    Recarga de aquíferos;

5)    Usos urbanos não potáveis como sistema de reuso de água para lava rápido

6)    Usos diversos, como aquicultura, construções, controle de poeira, entre outros.

Além disso, quando comparado a fontes alternativas de abastecimento de água, como a dessalinização, o processo de tratamento da água muitas vezes exige menos custos de investimento e energia.

A reutilização de águas residuais tratadas pode ser considerada um abastecimento de água confiável, bastante independente da seca sazonal e da variabilidade climática e capaz de cobrir picos de demanda de água.  Isso pode ser muito benéfico para as atividades agrícolas que podem contar com a continuidade confiável do fornecimento de água durante o período de irrigação, reduzindo, consequentemente, o risco de quebra de safra e perdas de renda.

A consideração apropriada dos nutrientes em águas residuais tratadas também pode reduzir o uso de fertilizantes adicionais, resultando em economia para o meio ambiente, os agricultores e o tratamento de águas residuais. Depois que a água é usada, as águas residuais da comunidade – a água que flui pelo ralo ou é despejada no vaso sanitário – passam por um sistema de reaproveitamento de água para remover os poluentes antes que sejam despejados nos rios.

A reutilização de água é o uso de águas residuais tratadas para fins benéficos, o que aumenta o suprimento de água disponível da comunidade e a torna mais confiável, especialmente em épocas de seca.

Tipos de Reutilização de Água

Existem dois tipos de sistema de reuso de água:

Direta: Os projetos de reutilização direta ​​tratam as águas residuais para fins específicos além de beber, como usos industriais, agricultura ou irrigação de paisagens.  A reutilização direta é quando a água é encaminhada diretamente de seu ponto de descarga até o local do reuso, não sendo descarregada no meio ambiente.

Indireta: Os projetos de reutilização indireta ocorrem quando a água é descarregada no meio ambiente e novamente utilizada em sua forma diluída, de maneira não intencional e não controlada.

Saiba mais sobre reuso da água

Tratamento de águas pluviais

As águas de chuva são consideradas muitas vezes como esgoto, pois, usualmente, passam pelos telhados e pisos, carregando todo tipo de sujeira.

Porém, se for captada em áreas de acesso restrito antes desse caminho, pode ser aproveitada para fins não potáveis sem a necessidade de um tratamento mais complexo.

Saiba quais as diferenças entre reuso de água e aproveitamento de água das chuvas.

Como tratar água da chuva

Já é sabido que após o início da chuva, somente as primeiras águas carregam ácidos, microrganismos, e outros poluentes. Pouco tempo depois, pode ser coletada em reservatórios fechados através de sistema de reaproveitamento de água.

Esta utilização é especialmente indicada para o ambiente rural, chácaras, condomínios e indústrias.

Existem estações compactas que ocupam bem pouco espaço e podem ser aplicadas em volumes menores.

Sistema de filtragem de água

A utilização do filtro de água Fusati previne a variação na qualidade da água e a torna potável ou utilizável, independente de ser filtro de água comercial ou filtro industrial.

Com equipamentos de alta qualidade e eficiência, os Filtros Fusati retêm possíveis partículas como areia, barro, poeira, lodo e sedimentos. Também auxiliam na redução ou remoção de ferro e manganês da água.

O Grupo Fusati tem a solução ideal para o tratamento da sua água. São mais de 30 anos de experiência desenvolvendo soluções personalizadas e com alta tecnologia.

Além da qualidade da água, você ainda economiza dinheiro com manutenção ou troca de peças, uma vez que os filtros Fusati são retrolaváveis. Por isso, os filtros Fusati possuem o melhor custo-benefício do mercado.

Principais Vantagens

  • Elimina totalmente os problemas oriundos da presença de ferro e manganês na água, dimensionado de acordo com a análise de água físico químico e bacteriológico.
  • Retira o odor, melhora o gosto da água potável, reduz o mau cheiro, cloro e matéria orgânica.
  • Os Filtros Fusati são fabricados em aço Inox AISI – 304 com certificado de procedência.
  • Reduz as interferências em processos industriais (fabricação de papel, tecidos, tinturarias e cervejarias) etc.
  • Os Filtros Fusati são retrolaváveis, o que aumenta a vida útil do material filtrante existente nos filtros, reduzindo os custos com este tipo de manutenção.

O Grupo Fusati desenvolve soluções completas para tratamento de água, efluentes industriais e domésticos, reuso de água com tecnologias limpas. Atua em todo território nacional desde o projeto, fabricação, montagem e operação de estações de tratamento.

Soluções completas para tratamento de água e efluentes, sistemas de filtração, nano-filtração, ultrafiltração, osmose reversa, sistemas de reuso de águas de chuva ou cinzas, tecnologias verdes com valor socioambiental agregado e soluções sustentáveis personalizadas.

Veja algumas aplicações e soluções onde nosso sistema pode atuar:

  • Alimentação e Caldeiras;
  • Cosméticos;
  • Dessalinização de águas salgada ou salobra;
  • Embarcações;
  • Essência e Aromas;
  • Fabricação de Solventes;
  • Fabricação de Tinta;
  • Galvanoplastia;
  • Indústria Têxtil;
  • Eletroeletrônicos;
  • Lavanderias;
  • Petróleo e Gás;
  • Produtos Químicos;
  • Reuso de água de processos industriais;
  • Torres de Resfriamento;
  • Tratamento de Afluentes e Efluentes.

Entre em contato com a Fusati Filtros para que nossa equipe faça um orçamento personalizado.

Envie e-mail para fusati@fusati.com.br, ou se preferir, fale com a Fusati pelo WhatsApp (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666. Você também pode entrar em contato através do formulário de contato.

5 Vantagens da Osmose Reversa Para a Indústria

5 Vantagens da Osmose Reversa Para a Indústria

A osmose reversa é um tipo especial de filtração que utiliza uma membrana fina e semipermeável. Essa membrana possui poros suficientemente pequenos para passar água pura ao rejeitar moléculas maiores, tais como sais dissolvidos (íons) e outras impurezas minúsculas, como bactérias.

A osmose reversa é usada para produzir água altamente purificada para sistemas de água potável, caldeiras industriais, processamento de alimentos e bebidas, cosméticos, produção farmacêutica, dessalinização de água do mar e muitas outras aplicações.

Foi uma tecnologia reconhecida há mais de um século e comercializada desde a década de 60.

Saiba mais sobre sistema de osmose reversa.

Abaixo, confira 5 vantagens da Osmose Reversa para a indústria:

  1. A água para a alimentação da planta de tratamento geralmente não requer aquecimento;
  2. As plantas de tratamento de água com osmose reversa têm menos problemas com corrosão;
  3. Geralmente têm requisitos de energia mais baixos;
  4. O processo de tratamento de água com osmose reversa pode remover contaminantes indesejados, como precursores de tri-halo-metano, pesticidas e bactérias;
  5. As plantas de tratamento de água com osmose reversa ocupam menos área superficial do que instalações de destilação para a mesma quantidade de produção de água.

Um sistema de água de osmose reversa industrial é um processo de tratamento de água altamente eficaz que reduz até 99% do total de sólidos.

A água de alta pureza resultado do processo é utilizada para:

  • Alimentação de caldeiras;
  • Sistemas de esterilização central para muitas indústrias, incluindo produtos farmacêuticos, água mineral, laboratórios, alimentos e bebidas, petróleo e gás universidades, hospitais, hotéis e muitos outros.

Não só indústrias, mas até tripulantes de navios, pescadores, pessoas que gostam de acampar ou habitantes de países onde a água potável é poluída ou de baixa qualidade usam sistemas de osmose reversa.

A osmose reversa também é tipicamente usada para água de processo químico, cosméticos, eletrônica, horticultura, fabricação de gelo, laboratórios, processo de acabamento de metais, impressão, lavagens de veículos, entre outros.

Todas estas aplicações industriais de água podem se beneficiar com a instalação de um sistema de osmose reversa.

Como Funciona a Osmose Reversa?

A Osmose Reversa é uma tecnologia usada para remover a grande maioria dos contaminantes da água, empurrando a água sob pressão através de uma membrana semipermeável.

A osmose é um fenômeno natural e um dos processos mais importantes na natureza. É um processo em que uma solução salina mais fraca tende a migrar para uma solução salina forte.

Exemplos de osmose são quando as raízes das plantas absorvem a água do solo e nossos rins absorvem a água do nosso sangue.

Uma membrana semipermeável é uma membrana que permitirá que alguns átomos ou moléculas passem, mas não outros.

Um exemplo simples é uma porta de tela. Permite que as moléculas de ar passem, mas não pragas ou nada maior do que os orifícios na porta da tela.

Na osmose reversa, a água não tratada, como a água salgada, flui através de uma membrana semipermeável e filtros de carbono.

O sistema funciona usando uma bomba de alta pressão para aumentar a pressão e forçar a água através da membrana semipermeável, deixando para trás os sais dissolvidos. A quantidade de pressão necessária depende da concentração de sal da água de alimentação.

Quanto mais concentrada a água de alimentação, mais pressão é necessária para superar a pressão osmótica.

A água tratada é chamada de produto. O fluxo de água que transporta os contaminantes concentrados que não passaram através da membrana é chamado de fluxo de rejeição ou concentrado.

A membrana permite que a água flua através do filtro, mas deixa para trás o sal, produtos químicos, minerais e impurezas. O resultado é água “pura” que é livre de bactérias e minerais.

Usos Para a Água Tratada Por Osmose Reversa

As indústrias vêm se desenvolvendo em ritmo acelerado nas últimas décadas. As máquinas evoluíram e, assim, a tecnologia utilizada para a produção e as atividades diárias também.

A água é o solvente mais disponível e universalmente usado para uma variedade de propósitos em quase todas as indústrias.

Por isso, a necessidade de sistemas de osmose reversa industrial aumentou para fornecer os requisitos específicos de cada necessidade de água.

A água é usada como matéria-prima para várias finalidades industriais e, portanto, exige um tratamento especial de água que é possível somente pelo sistema de osmose reversa.

A água também é usada para fins de resfriamento para máquinas que funcionam durante uma grande quantidade de tempo e podem sofrer desgaste excessivo devido ao aumento do calor.

A água de boa qualidade pode garantir que as máquinas possam ser resfriadas na medida certa.

Como solvente de limpeza, a água é utilizada em várias indústrias para desinfetar um recipiente particular ou máquinas de limpeza que são sensíveis à água bruta.

Para esse fim, o processo de osmose reversa é adequado de acordo com a necessidade para atingir um determinado tipo de limpeza.

O Grupo Fusati oferece sistemas de água de osmose reversa industrial. O sistema de osmose reversa do Grupo Fusati é projetado de forma personalizada para aplicações específicas e para cada necessidade de seus clientes.

Os sistemas de osmose reversa Industrial da Fusati são disponibilizados para diferentes capacidades e para vários fins comerciais e industriais.

Esses sistemas são bem equipados para absorver uma alimentação de água bruta retirada das fontes e transformá-la em tipos suficientemente bons para uso.

O sistema de tratamento de água Fusati é amplamente utilizado, seja como solvente, matéria-prima, agente de limpeza ou agente de refrigeração para muitas indústrias.

O sistema é totalmente automatizado e eficiente na eliminação de sais. A água resultante está livre de condutividade, dureza e impurezas, própria para uso alimentar, cosmético e em torres de resfriamento.

Entre em contato  hoje mesmo e solicite um representante pelo e-mail fusati@fusati.com.br, pelo WhatsApp (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666.

 

Estação de Tratamento de Esgoto Compacta: Uma Solução ao Seu Alcance

Estação de Tratamento de Esgoto Compacta: Uma Solução ao Seu Alcance

Para condições plenas de saúde da população, é necessária a implantação do saneamento básico, ou seja, um conjunto de medidas com objetivo de promover a saúde, com abastecimento de água de qualidade e tratamento de efluentes.

É aí que entram as Estações de Tratamento de Água (ETA) e Estações de Tratamento de Esgoto (ETE).

O esgoto doméstico é toda água já utilizada para lavar mãos, utensílios, tomar banho, no vaso sanitário, etc, que “descartamos”. É toda água que corre pelos ralos das casas, enquanto o esgoto industrial vem de atividades de empresas de grande porte, também nos processos de produção.

Se esse esgoto não receber tratamento vai poluir rios e fontes de água, impactando na vida animal e vegetal ao redor e causando doenças à população. O esgoto favorece a proliferação de bactérias, vermes e doenças que contaminam a população. Por isso o tratamento do esgoto é tão importante para a saúde pública e preservação ambiental.

Assim, é fundamental que a população se engaje na questão da água, afinal, influencia na saúde e economia de todos. É de máxima importância que prefeitura e empresas tenham atenção ao tratamento de esgoto.

É preciso saber que não é necessário ser uma grande corporação para ter uma estação de tratamento. Existem no mercado ótimas soluções de Estações de Tratamento Compactas, ideais para condomínios e estabelecimentos comerciais e também em todos os locais não atendidos pela rede pública.

Outras aplicações em que a ETE Compacta pode economizar recursos são lava-rápidos, clubes, restaurantes, hotéis, frigoríficos, shoppings, etc.

A Estação Compacta é indicada ainda para quem deseja fazer reúso da água tratada, economizando recursos, para funções como descarga, lavagem de piso, lavagem de veículos, rega de jardim, entre outros.

A ETE Compacta é uma solução econômica que viabiliza o tratamento de esgoto em pouco espaço e traz grande economia de recursos, além das vantagens ambientais.

O Grupo FUSATI traz soluções personalizadas para cada cliente, possibilitando o encaminhamento do esgoto tratado para outros processos da empresa ou condomínio, adaptadas a realidade de cada projeto, levando em conta as necessidades, o espaço disponível e o volume.

Vantagens da ETE Compacta

  • Fácil adaptação a cada projeto e necessidade
  • Trata o esgoto no próprio local de sua geração
  • Requer pequeno espaço
  • Permite o reaproveitamento da água para outras funções economizando recursos
  • É construída em conformidade com leis regulatórias
  • O custo de energia é baixo
  • Instalação e manutenção simples

A etapa mais importante na escolha da implantação de uma ETE Compacta é avaliar a confiabilidade da empresa com que se faz o serviço, pois é fundamental que sejam seguidas normais técnicas e legislação ambiental.

A Fusati é uma empresa de sólida reputação, tradicional e há mais de 30 anos dedica-se a melhora da qualidade da água. É referência no mercado e oferece soluções personalizadas industriais e comerciais com o melhor custo-benefício do mercado. Entre em contato pelo e-mail fusati@fusati.com.br, pelo Whats App (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666 para auxiliarmos você.

 

×
Olá, Podemos ajudar? Fale com um consultor!