5 Dicas Para Economizar na Produção de Gelo do Restaurante

5 Dicas Para Economizar na Produção de Gelo do Restaurante

Os restaurantes usam mais água do que diversos outros tipos de negócio comercial, seja para higienizar ou preparar alimentos e bebidas. Por exemplo, se você precisa de muito gelo, inevitavelmente vai precisar de muita água. Diminuir esse consumo raramente é tarefa fácil.

Além disso, a qualidade do gelo é essencial. Como qualquer outro alimento, deve ser preparado à base de água potável. Essa é uma das normas da legislação sanitária, determinada pela resolução (RDC) nº 216/04.

Mas existem maneiras pelas quais os proprietários e gerentes de restaurantes podem economizar na produção de gelo.

Abaixo está uma lista com 5 dicas de economia de fabricação de gelo diferentes que podem ajudar a reduzir os custos de restaurantes.

O Restaurante Diminui Custos Produzindo o Próprio Gelo

Se você está pesquisando método mais conservador no consumo de água, comprar gelo pronto certamente não é um deles.

O preço final do gelo inclui os gastos para a sua fabricação somada à margem de lucro do produtor. Logo, não é a solução mais econômica.

E se for barato demais, desconfie. Afinal, você não terá certeza absoluta sobre a procedência da água utilizada na fabricação do gelo, se realmente é potável ou não.

Um bom gelo deve ter a aparência transparente, sem partes opacas ou acizentadas, sem aromas desagradáveis, que significam que pode ter sido armazenado com outros alimentos ou bebidas.

Da mesma forma, o gelo de qualidade também não deve possuir sabor. para não interferir no sabor e odor das bebidas. Também não pode ser disforme, pois acaba derretendo mais rápido uma vez que possui mais superfícies de contato. Se derreter muito rápido, deixa as bebidas aguadas.

Quando isso acontece, faz com que um momento que deveria ser de prazer, torne-se frustrante para o seu cliente. Fato que infelizmente pode acontecer inúmeras vezes se o proprietário do restaurante não estiver atento a esse detalhe.

Evite Comprar Água Mineral

Para aqueles que têm necessidades de gelo barato e estão procurando reduzir os custos onde podem, adquirir água mineral também não parece ser a solução. Isso porque comprar galões de água mineral trazem custo mais alto e constante. Além disso, a água mineral comercializada pode ter procedência duvidosa. Novamente, não há como ter certeza se é potável e livre de contaminantes.

Pilhas de galões não são nada práticas para estocar , nem ecológico se pensarmos no volume de plástico necessário para produzir as embalagens. Sobre o plástico, como muitas vezes os galões são transportados debaixo de sol, podem ser liberadas substâncias como o bisfenol, que faz mal para a saúde a longo prazo.

Saiba mais sobre uma solução melhor e mais barata do que água mineral para o seu comércio.

Filtrar a Água da Torneira para Produzir Gelo

Aparentemente, a água da torneira está limpa, mas não é possível determinar com exatidão se há algum contaminante. Apesar da água deixar a estação de tratamento municipal apta para consumo, os canos e tubulações pelos quais passa até chegar ao estabelecimento podem ter vazamentos e contaminações.

Alguns restaurantes optam em fabricar gelo por conta própria, uma vez que adquirem máquina de gelo.

A principal vantagem disso é ter o gelo disponível na quantidade necessária, sem perdas, e com menor necessidade de espaço para armazenamento no freezer.

Mas, ao fabricar gelo com a água da torneira, ele pode estar contaminado e trazer consequências bem desagradáveis para quem o consome.

A contaminação alimentar pode trazer riscos sérios para a saúde das pessoas e, de quebra, gerar penalidades para o seu restaurante, bem como manchar a reputação do seu negócio.

Utilize Filtro com Declorador

O cloro é um agente bactericida importante que está presente na água tratada que chega no seu estabelecimento comercial através do sistema público.

Gelo de qualidade significa não ter cheiro ou sabor algum. Se existe o cloro na água, esses dois requisitos já ficam comprometidos. Para tanto, é preciso a remoção do cloro de água no seu restaurante.

Nada melhor do que um filtro comercial que não apenas filtra a água, mas faz um verdadeiro tratamento, retirando o cloro através do declorador.

O declorador tem a função de melhorar a qualidade da água, deixando-a sem gosto ou cheiro de cloro.

Esse recurso é especialmente interessante na produção de gelatos, cafés e chás de refinado sabor.

Saiba mais sobre declorador: remoção do cloro da água.

Utilize o Filtro Central

A utilização de um filtro de água de entrada é a solução para ter água limpa em todos os pontos de uso do restaurante sem a necessidade de comprar gelo, água mineral ou utilizar água da torneira.

Um filtro central proporciona uma água de boa qualidade em todas as saídas do estabelecimento, compensando o uso da máquina de gelo.

A água já sai tratada por todos os equipamentos e torneiras: torneiras da cozinha, torneiras do banheiro e equipamentos como máquina de gelo.

Com o uso do filtro, a vida útil da máquina de gelo também é prolongada.

A FUSATI, por exemplo, possui sistemas de tratamento para água, adequados para cada necessidade.

E o melhor: os filtros têm a opção de vir com válvulas automáticas que possibilitam o funcionamento do equipamento sem a necessidade de um operador.

A automatização possibilita que a retrolavagem – sistema que através de reversão do fluxo de água, elimina todos os elementos retidos pelas camadas filtrantes – ocorra de acordo com a necessidade ou programação do cliente.

Filtro de água e Remover do Cloro da Água para melhorar a qualidade e o sabor de alimentos como sorvetes, gelo, cachaça, cerveja, cosméticos, remédios e outros itens que utilizam água diretamente em seu processo de produção, o filtro de água e o declorador são as melhores opções.

Principais vantagens:

  • Redução de custos de mão-de-obra, por não precisar de um operador para o manuseio do equipamento;
  • Frequência pré-estabelecida para manutenção do equipamento, garantindo uma confiabilidade no funcionamento do sistema.

Como você viu, é possível economizar na produção de gelo fabricando o seu próprio produto com a garantia de qualidade através de um filtro central.

Quem garante é a Fusati, empresa nacional com mais de 30 anos de experiência no mercado de filtros, proporcionando soluções residenciais, comerciais e industriais no tratamento de água.

A manutenção dos filtros Fusati é baixa, fazendo deles os melhores em termos de custo-benefício do mercado.

Conte com a Fusati para encontrar o melhor modelo para sua empresa ou o melhor tratamento para a fabricação de gelo do seu restaurante.

Entre em contato pelo e-mail fusati@fusati.com.br, pelo WhatsApp (19) 99608-0239, pelo telefone (19) 3301-6666 ou ainda pelo formulário abaixo:













Escolha o Produto ou Serviço






Por favor, diga Como nos Encontrou?




 

Qualidade da Água de Poço no Estado de São Paulo

Qualidade da Água de Poço no Estado de São Paulo

A CETESB monitora anualmente a qualidade das águas subterrâneas no Estado de São Paulo e alerta para o aumento da concentração de ferro e manganês, além de problemas com coliformes fecais. A necessidade de tratamento da água do poço com filtro e desinfecção através da utilização de cloro se tornam imprescindíveis.

Os relatórios de qualidade das águas subterrâneas de periodicidade trienal serão futuramente realizados com análises mais aprofundadas. Um monitoramento feito duas vezes ao ano, abrangendo 313 pontos identificou qualidade regular das Águas Subterrâneas (IPAS) de 66,5% e registrou um aumento em relação aos dados coletados no ano de 2016, que foi de 64,7%.

O IPAS é obtido através de amostras de água, que são coletadas através da CETESB na abrangência de sua rede de monitoramento e a conformidade da água analisada está de acordo com os padrões definidos pelo Ministério da Saúde. O IPAS apresenta indicadores, de forma genérica, retratando a qualidade das águas brutas encontradas em poços artesianos, além da água destinada ao abastecimento público.

O IPAS foi lançado com o intuito de divulgar à população, rápida e acessivelmente, esses resultados anuais das análises de qualidade das águas subterrâneas, levando em consideração como parâmetro prioritário a evolução do ferro, manganês e coliformes fecais contido nesta água bruta.

Como Descobrir se Há Problemas na Água do Poço?

Os valores máximos permitidos para contaminantes na água potável estão definidos na Portaria do Ministério da Saúde de Consolidação nº 5 DE 28 de setembro de 2017.

Caso haja suspeita de algum problema e se a sua água provém de um poço ou outra fonte particular, você deve procurar por um laboratório de análises químicas.

Atenção Para Análise Fisico-Química da Água de Poço

É necessário um acompanhamento do uso direto das águas de poços artesianos para consumo humano sem nenhum tipo de tratamento, com amostragens frequentes, pois ocorrem variações rápidas das concentrações fisico-químicas e de poluentes em um mesmo poço.

Os resultados do IPAS verificados em 2017 e 2016 foram influenciados principalmente, pela presença de amostras desconformes no que se refere à presença de coliformes fecais e totais. Tais resultados podem indicar a necessidade de maiores cuidados sanitários e de tratamento sobre a captação da água de poço.

Importante observar que as águas originadas de poço, poço artesiano e/ou fontes devem ser tratadas com cloro, ultravioleta ou ozônio a fim de eliminar a presença dos coliformes e outros patógenos e possibilitar o consumo humano apropriado.

O Que Fazer se Houver Problemas na Água do Meu Poço ou Fonte?

  • Se a concentração de metais, minerais e coliforme totais for superior ao limite máximo permitido pelo Ministério da Saúde, não forneça a água para pessoas ou animais, seja diretamente ou indiretamente (lavar utensílios domésticos). Pessoas, animais e principalmente idosos e bebês devem ser providos com água cuja fonte foi analisada e que possua resultados dentro do estabelecido pela norma vigente.
  • Não ferva a água para “tratar” altas concentrações de metais e minerais. O Ferro e/ou manganês não são removidos da água através desse método. Na verdade, a fervura só concentra ainda mais esses elementos na água.
  • Contrate uma equipe especializada para inspecionar o seu poço. É necessário inspecioná-lo, caso seja um poço antigo. Poços antigos tendem a possuir sua estrutura já danificada pelo tempo. Contaminações as vezes podem ser causadas por falhas estruturais que permite que a água contaminada presente na superfície entre no poço. Reparar o poço ou construir um novo poço normalmente resulta em aumento significativo da qualidade da água.
  • Identificar e remover fontes de contaminação próximos ao poço tais como: lixo, sistemas de tratamento de esgoto, fertilizantes e dejetos de animais devem ser localizados e observados para que não contaminem o poço. Se uma fonte de problema está muito próxima ao poço e não pode ser removida, então você deve considerar em ter o seu poço fechado por completo e perfurar um novo em local que não sofra interferência de tais fontes.
  • Instalar um sistema de tratamento de água através de Filtro com adição automática de cloro.

 

Como Remover Ferro e Manganês da Água de Poço Artesiano?

Aquecer ou ferver a sua água não irá remover o problema. Como parte da água irá evaporar durante o processo de fervura, a concentração de metais e minerais na água irá aumentar. Filtros compostos de várias camadas e elementos filtrantes como: quartzo, areia, zeólita, antracito, seixo, carvão ativado, além da desinfecção com cloro,  tornaram a água pura e própria para consumo humano.

O Ferro e o Manganês são removidos da água usando tratamentos como filtros que utilizam vários elementos filtrantes, com destaque para a:

Zeólita

É um produto natural que remove compostos orgânicos, amônia, cor, sabor e turbidez da água, além de ferro, manganês e outros dependendo da aplicação.

Remove partículas de até 4 micra, invisíveis a olho nu.

A  zeólita para tratamento de água é tão eficaz quanto o carvão ativado em diversos aspectos. Isso porque ela é um componente mineral de alto potencial corretivo. Elementos como arsênio, cloro, inseticidas, mercúrio, cobre e solventes podem ser retirados da água a partir da utilização da zeólita.

Para tratamento de água em indústrias considera-se a Filtração de alta capacidade ou ainda a osmose reversa.

Filtro Para Poço Artesiano com Desinfecção da Água

O sistema de filtro e tratamento de água de poço FUSATI eliminam os aspectos negativos da “água dura”, excessos de Ferro e Manganês, e , conforme a configuração do sistema de tratamento, adicionam automaticamente cloro na água na medita exata, eliminando problemas como contaminação e trazendo muitos outros benefícios.

São estes os principais benefícios dos Filtros para poço artesiano da FUSATI :

  • Remoção de ferro e/ou manganês da água, com filtros que ocupam um pequeno espaço;
  • Elimina a possibilidade da água amarelada e turva nas torneiras, vasos sanitários, manchas de lavagem de roupa, incrustações nas tubulações, etc.;
  • A vida útil dos elementos filtrantes são de 5 anos;
  • A retrolavagem é feita somente com água, sem a necessidade de energia elétrica ou produtos químicos.

Tratar a água é cuidar da sua saúde, do seus serviços e produtos. Água de poço não tratada pode causar, além de danos na saúde, danos  em equipamentos e na rede hidráulica devido ao acúmulo de metais.

Entre em contato coma  FUSATI e saiba mais.

Saiba mais sobre o Relatório de Qualidade das Águas Subterrâneas da CETESB aqui.

Dicas de economia em condomínios

Dicas de economia em condomínios

Morar em um condomínio tem suas vantagens e a questão da segurança certamente é uma delas. Mas, as contas podem ser uma verdadeira ameaça para o sossego dos moradores. Veja algumas dicas de economia em condomínios.

Água e luz são apenas algumas das despesas normais de um condomínio e há maneiras de manter essas contas baixas.

Na maioria das vezes, os condomínios se concentram na conta de eletricidade, mas a economia de água também deve receber a mesma atenção. Economizar é a regra do jogo.

Desde que a individualização do hidrômetro se tornou uma obrigatoriedade para condomínios novos (Lei Federal 13.312/16), os moradores precisam dar maior atenção ao desperdício de água, já que os maiores prejudicados são os próprios moradores.

Pense nisso: o reaproveitamento da água não é apenas uma maneira eficaz de reduzir as contas mensais do condomínio, mas também ajuda a preservar o meio ambiente e os recursos naturais.

Não é preciso muito para economizar água. Só bom senso e utilizar os recursos adequados. Se você é o responsável pela gestão do condomínio, veja algumas dicas para síndico de como economizar água em seu condomínio:

  • Identifique e corrija possíveis vazamentos de água;

Verifique em cada unidade residencial e nas áreas comuns a possibilidade de vazamentos através do exame de hidrômetros e torneiras que podem estar pingando água.

  • Instale vasos sanitários de baixo fluxo e torneiras com sensor de presença em áreas comuns;

Apesar do custo maior na aquisição desses equipamentos, esse tipo de investimento traz economia em longo prazo.

  • Instale sistemas de tratamento e reuso da água;

Procure o serviço de empresas especializadas no tratamento de água para reaproveitamento desse recurso. Essas empresas podem agregar valor ao seu condomínio, trazendo conhecimento técnico necessário para a implantação de sistemas que contribuem para uma melhor qualidade da água com economia relevante para o condomínio de maneira geral.

  • Conscientize os moradores sobre a importância de economizar água.

Placas educativas devem fornecer aos moradores dicas sobre a conservação da água. O mesmo pode ser feito também por meio de boletins informativos e e-mails, incluindo informações sobre como instalar recursos de economia de água em suas residências.

Quanto mais dicas o síndico fornecer aos moradores, mais eficazes serão os planos de economia de recursos do seu condomínio. No final, todos ganham com esse tipo de iniciativa.

Uma gestão do condomínio comprometida com a conservação deve conscientizar seus moradores de que isso é uma prioridade. Não só para a economia do condomínio, mas para a preservação da água visando as futuras gerações.

O síndico pode ajudar com seus esforços, facilitando a comunicação entre membros do condomínio, trabalhando com empresas especializadas em tratamento de água e pesquisando e sugerindo inovações ou novas tecnologias para criar estratégias de economia de água.

O Grupo Fusati oferece algumas soluções, como sistema de reuso de água, reaproveitamento da água da chuva e também filtros de água centrais que a longo prazo preservam os equipamentos, além de trazer mais qualidade de vida.

Vamos conhecer cada uma dessas soluções:

  1. Sistema de reuso de água e reaproveitamento

A reutilização de águas residuais pode ser considerada bastante independente da seca sazonal e da variabilidade climática e capaz de cobrir picos de demanda de água.

A água da chuva que flui pelo telhado ou é despejada pela máquina de lavar roupas passa por um sistema de reaproveitamento de água.

Após a filtragem, essa água de reuso pode ser utilizada para lavagem de áreas comuns e irrigação de jardins.

As águas de chuva são consideradas muitas vezes como esgoto, pois, usualmente, passam pelos telhados e pisos, carregando todo tipo de sujeira.

Já é sabido que após o início da chuva, somente as primeiras águas carregam ácidos, microrganismos, e outros poluentes. Pouco tempo depois, pode ser coletada em reservatórios fechados através de sistema de reaproveitamento de água.

Esta utilização é especialmente indicada para condomínios. Existem estações compactas que ocupam bem pouco espaço e podem ser aplicadas em volumes menores.

Algumas vantagens do reuso da água:

  • Economia gerada na conta de água;
  • Baixo investimento e retorno rápido;
  • Fácil de operar.

 

  1. Filtro de água central

A Fusati disponibiliza uma solução ao alcance do mercado, ideal para condomínios horizontais e verticais, que tem alta demanda de água. Seja qual for a forma de abastecimento e captação, é prioridade manter a qualidade da água e para isso o filtro é essencial.

Cada condomínio apresenta um consumo diferente e uma forma de utilização e o cuidado com a água deve acompanhar essas necessidades.

Se a origem da água for de poços, rios, lagos ou nascentes, é necessário um sistema completo de Tratamento de Água. Se a água que chega é fornecida pelo município, já vem tratada e pode receber somente a filtração. Nos dois casos, a Fusati pode ajudar o seu condomínio com a melhor assistência e produtos.

Os filtros Fusati são fabricados em inox, possibilitando a instalação também em ambientes externos, não utilizam energia elétrica, são retrolaváveis e possuem alta durabilidade.

Utilizando os filtros Fusati, a água de todos os pontos de saída será filtrada. Isso significa que a água em todas as torneiras, chuveiros, máquinas de lavar roupa, máquinas de lavar louça, mangueiras, etc, será água filtrada.

É uma enorme economia para o condomínio considerando a manutenção dos equipamentos, tanto nas contas gerais como na de cada apartamento individualmente, além da melhor qualidade da água que impacta diretamente na saúde.

Os filtros Fusati ainda:

  • Não precisam de manutenção frequente;
  • Evitam incrustações em toda rede hidráulica e aparelhos do condomínio, pois retém os resíduos;
  • Diminuem a necessidade de limpeza da caixa d’água.

A FUSATI é uma empresa de sólida reputação, tradicional e há mais de 30 anos dedica-se a melhora da qualidade da água. É referência no mercado e oferece soluções personalizadas industriais e comerciais com o melhor custo-benefício do mercado.

Entre em contato pelo e-mail fusati@fusati.com.br, pelo WhatsApp (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666 para auxiliarmos você.

Tratamento de esgoto: benefícios para o saneamento e economia de recursos

Tratamento de esgoto: benefícios para o saneamento e economia de recursos

O lixo humano pode se transformar com segurança em recursos úteis, como água limpa? Parece inconcebível, mas isso é possível graças às novas tecnologias aplicadas ao sistema de tratamento de esgoto.

O esgoto pode ser de vários tipos, como: Sanitário (água para fins higiênicos e industriais), sépticos (em fase de putrefação), pluviais (água de chuva), combinado (sanitário + pluvial), cru (sem tratamento) e fresco (recente, com oxigênio livre).

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 2,3 bilhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso a saneamento básico e os resíduos não costumam ser gerenciados com segurança.

Trata-se de um dado preocupante que contribui para um número estimado de 280 mil mortes por ano. Isso sem contar o impacto negativo no bem estar das pessoas e no meio ambiente.

No Brasil, com a entrada em vigor da Lei do Saneamento Básico (11.445) em 2007, foram estabelecidas as diretrizes nacionais e a política federal de saneamento. De lá pra cá, ficou definido que o planejamento do saneamento básico está a cargo do município, e a prestação dos serviços pode ser feito pelo poder público municipal ou por concessionária pública e/ou privada.

Antes de 2007, apenas 48,5% dos domicílios brasileiros dispunham de esgotamento sanitário através de rede coletora e 22,1% utilizavam fossa séptica, indicando inadequação clara ou inexistência do esgotamento sanitário nos restantes dos 29,4% dos domicílios (Dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Novas tecnologias, como tratamento avançado e ultrafiltração, estão surgindo para lidar com isso, proporcionando soluções personalizadas para o tratamento de água e efluentes nas esferas pública e privada.

Alguns dos benefícios e vantagens do sistema de tratamento de esgoto são os seguintes:

 

  • Melhora a qualidade de vida

A qualidade de vida e as condições higiênicas melhoram nas áreas onde o sistema opera com o descarte correto do esgoto. O sistema de tratamento de efluentes fornece uma maneira mais saudável e apropriada de gerenciar os resíduos de hotéis, condomínios residenciais e indústrias.

  • Preserva o meio ambiente

Anteriormente, todos os resíduos de esgotos eram descarregados diretamente em rios e fossas, resultando na poluição das águas subterrâneas das áreas onde esses resíduos eram descarregados. As águas poluídas terminavam então no mar, causando vários riscos e outros problemas ambientais.

Com a estação de tratamento de esgoto, não há mais poluição do lençol freático e oceanos.

Hoje em dia, as indústrias têm o compromisso de zelar pelo seu efluente, não só para atender exigências regulatórias, mas também para preservar a saúde da comunidade e os recursos naturais.

 

  • Economia e reutiização das águas

A água é um recurso natural substancial para o nosso país e deve ser gerida da melhor maneira possível. O efluente tratado na estação de tratamento de águas residuais é reutilizado para fins agrícolas e outros fins.  Muito mais que uma questão de cumprimento de lei, as empresas que possuem sistema de tratamento de efluentes, além de estarem em dia com as questões ambientais, são beneficiadas com diversas vantagens, como:

 ·       Redução do valor metro cúbico tratado;

·       Disposição correta do esgoto;

·       Possibilidade de reuso de efluentes;

·       Tratamento específico de acordo com a necessidade de cada processo.

A vantagem mais significativa do sistema é manter o desenvolvimento sustentável, a proteção do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida.

Considerando todas as vantagens acima, não há dúvida de que, teremos uma melhor qualidade de vida nos próximos anos e asseguraremos um ambiente melhor para as próximas gerações.

ETEs Industriais

Uma ETE, ou Estações de Tratamento de Esgoto doméstico é uma estação onde é possível o tratamento da água por meio de uso de diversas tecnologias. No caso de indústrias, a solução pode ser uma ETE compacta, solucionando os problemas de descarte dos efluentes de acordo com as necessidades de cada indústria.

As ETE são de vital importância no que diz respeito ao tratamento de dejetos industriais de forma geral o que é uma obrigação imposta pelo governo federal por meio das leis.

Empresas se utilizam de alguns tipos de tratamentos de esgoto, como por exemplo os lodos ativados, onde temos uma modalidade de aeração prolongada, bem como uma modalidade de valo de oxidação.

Além disto temos as lagoas de estabilização, que ocorrem de forma anaeróbica, ou mesmo facultativa, bem como o filtro biológico.

Sistemas modernos e eficazes realizam o tratamento de esgoto sanitário (doméstico), mais conhecido como ETE (estação de tratamento de esgoto) de empreendimentos como: condomínios, loteamentos, indústrias, hotéis, shoppings centers, comércio em geral, universidades, entre outros.

Fusati Ambiental

O Grupo Fusati atua em todo o Brasil, garantindo a máxima eficiência no atendimento aos clientes, com profissionais altamente capacitados.

Dentre algumas de nossas Soluções, temos:

  • Biocombo com Tratamento Avançado e Ultrafiltração;
  • Osmose Reversa;
  • Sistema de Tratamento de Esgoto;
  • Sistema de Tratamento de Efluentes;
  • Estações ETA (Estação de Tratamento de Água);
  • Soluções Personalizadas para o Tratamento de Água e Efluentes;
  • ETEs Industriais;
  • ETE compacta;
  • Desodorização de ETE;
  • Mini estação de tratamento de água;

Ao implantar um sistema de tratamento de esgoto, a indústria diminuirá os gastos com água potável e esgoto, a partir da reutilização da água tratada.

A partir do tratamento dos efluentes, estará também contribuindo para a preservação de nascentes, rios, lagos e mares, evitando a contaminação do meio ambiente.

Com isso, aumentará a satisfação da comunidade e dos colaboradores em relação à organização. Devido às vantagens apresentadas, não há dúvidas de que investir no tratamento de efluentes é a melhor opção.

O Grupo Fusati tem como premissa a venda de produtos em associação com a excelência em serviços pós-venda, pois a confiabilidade na operação dos nossos equipamentos é a nossa maior prioridade. Nosso compromisso é buscar sempre a superação das expectativas dos nossos clientes e garantir um serviço completo de assistência técnica nacional.

Oferecemos serviços de treinamento do operador, manutenção preventiva e corretiva e assistência técnica em todo o território nacional. Consulte sobre os planos de manutenção para contratação de serviços específicos para as necessidades da sua empresa.

Entre em contato com a Fusati para que nossa equipe faça um orçamento personalizado, de acordo com as suas necessidades e preferências.

Envie e-mail para fusati@fusati.com.br, ou se preferir, fale com a Fusati pelo WhatsApp (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666, ou ainda, através da página de contato.

 

Como Tratar Água Dura

Como Tratar Água Dura

O que é Água Dura ?

é chamada assim porque não forma bolhas de sabão, dificultando processos de limpeza. Comum em poços artesianos, a água dura ocorre quando alguns íons minerais da água reagem com os sabões formando precipitados e não se forma espuma. Essa característica não altera a viscosidade ou aparência da água, mas a torna inviável para alguns processos.

Quando a água apresentar teores desses cátions acima de 150 mg/L, então a água é dura; se estiver abaixo de 75mg/L, a água é mole; e se for entre 75 e 150 mg/L, a água é moderada. Mais informações sobre a potabilidade da Água na portaria Min. da Saúde N.º 2.914 de 14 de dezembro de 2011.

A água dura dificulta a ação dos sabões na remoção da sujeira e da gordura. Os sabões são sais de ácidos graxos com uma longa cadeia apolar (hidrofóbica) formada por átomos de carbono e hidrogênio e uma extremidade hidrofílica.

O sabão é chamado de tensoativo aniônico, porque ele dissolve-se na água produzindo ânions e cátions. Seus ânions são os responsáveis por diminuir a tensão superficial da água e permitir a limpeza.

No entanto, os cátions de cálcio, magnésio e ferro II não são solúveis em água e reagem com os ânions do sabão formando compostos insolúveis.

Dessa forma, a composição da Água Dura anula a ação do sabão dificultam a limpeza e aderem ao tecido que está sendo lavado (ou à beira da pia, do tanque, da banheira etc.).

A água dura não pode ser usada na indústria, pois pode haver o risco de acidentes como a explosão de caldeiras, também não é boa para cozinhar vegetais, pois eles endurecem em vez de ficarem mais moles.

A água dura é causada pelo excesso de cálcio e magnésio. Muitas vezes outros elementos como ferro, zinco, estrôncio ou alumínio também estão presentes. O processo de reversão da água dura é chamado abrandamento.

Abrandador FUSATI

O processo de abrandamento ocorre através de troca iônica, eliminando as prejudiciais incrustações provocadas por depósito de ferro, cálcio e magnésio na tubulação e em equipamentos.

Os abrandadores são desenvolvidos para serem utilizados em vários tipos de indústrias. Entre elas, pode- se citar as indústrias químicas, têxteis, alimentícias, de bebidas, etc. São indicados ainda para a utilização em caldeiras, geradores de vapor, circuitos de refrigeração e outras finalidades.

Atualmente o principal uso da água abrandada é para geração de vapor nas caldeiras de baixa pressão de até 20 Kg/cm2, onde se recomenda utilizar a água de alimentação com teores de dureza menores do que 5 mg/l.

No processo de abrandamento de água não há uma redução do teor de eletrólito presente na água. O que existe é a substituição de cátions com características incrustantes por outros de características não incrustantes.

O abrandador é dimensionado de acordo com a necessidade de cada cliente, a partir de uma análise físico-química e bacteriológica da água.

Consulte também sobre Como Tratar água de poço

Estamos há mais de três décadas atuando no mercado de soluções e tecnologias de tratamento de água, com mais de mil clientes satisfeitos em todo o Brasil e dos mais variados segmentos. Entre em contato pelo e-mail fusati@fusati.com.br, pelo Whats App (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666 para auxiliarmos você.













Escolha o Produto ou Serviço






Por favor, diga Como nos Encontrou?




5 motivos para beber água no inverno

5 motivos para beber água no inverno

Nós todos sabemos a importância de se manter hidratado durante os meses quentes de verão. Mas, durante o inverno, a nossa ingestão de água diminui.

Isso porque é menos provável que você sinta sede no clima mais frio. Porém, é ainda mais importante beber muita água durante o inverno. Água potável e de qualidade!

Se você ainda não está convencido, aqui vão cinco razões pelas quais você deve aumentar sua ingestão de água para se manter saudável e hidratado durante os meses de inverno.

Evite a desidratação

Talvez você não tenha percebido que não bebeu água durante o dia, principalmente porque os sinais de sede do seu corpo diminuem significativamente em dias mais frios.

No entanto, a desidratação pode causar impactos significativos no seu bem estar. É vital que você se mantenha hidratado para regular a temperatura do corpo, permitindo que o sangue leve nutrientes e oxigênio para todo o corpo, removendo as toxinas.

Lembre-se: só porque você não está com sede não significa que seu corpo está hidratado.

Melhore a sua pele

A água é vital para manter as células da pele hidratadas, reduzindo o risco de rachaduras e descamação.

A pele sem brilho é outro problema do inverno que pode surgir com a combinação do ar seco e da falta de hidratação.

Mantenha sua pele saudável bebendo água em intervalos regulares, apesar do fato de você não sentir sede.

Evite a fadiga

No meio da tarde, você sente que precisa de um copo de café para ajudá-lo a evitar o cansaço? É possível que você esteja sofrendo de desidratação, uma das principais causas de fadiga durante o dia.

Manter-se bem hidratado garantirá que suas funções corporais funcionem bem. Quando você está desidratado, seu corpo fica mais lento e usa seus recursos extras de energia, deixando-o cansado.

Mantenha um copo de água à mão e beba regularmente para mantê-lo alerta e com energia durante o dia.

Evite o ganho de peso

Quando o tempo está frio, nossos corpos buscam conforto e muitas vezes isso se manifesta como vontade de comer. Antes de comer, por que não beber um copo de água antes?

Nossos cérebros frequentemente confundem a sede com a fome e depois de beber água, o gatilho da fome foi satisfeito. Isso significa que você pode não sentir necessidade de lanchar ou comer mais alimentos e pode resistir à tentação mais facilmente.

Estar bem hidratado também ajuda nosso sistema digestivo a funcionar e processar melhor os alimentos, o que é vital durante os meses em que tendemos a consumir em excesso.

Certifique-se de beber bastante água para dar ao seu corpo uma mão na digestão dos alimentos.

Proteja seu sistema imunológico

Os meses de inverno podem ser um período de testes para o nosso sistema imunológico, com a chegada dos muitos vírus a que todos nós somos suscetíveis.

A desidratação pode enfraquecer seriamente as barreiras do nosso sistema imunológico. A falta de água pode secar as membranas mucosas dos nossos pulmões e vias respiratórias, o que pode reduzir a resistência a infecções.

Manter-se bem hidratado durante o inverno garante que as barreiras usadas para proteger seu corpo de resfriados e gripes sejam totalmente funcionais.

Para garantir que você fique com saúde durante o inverno, beba água potável regularmente.

Se ainda tiver que lutar contra doenças respiratórias através de inaladores e nebulizadores, lembre-se de utilizar somente água filtrada nesses aparelhos.

Esperamos que estas cinco razões sejam suficientes para lembrá-lo de manter a sua ingestão de água durante os meses mais frios e mantê-lo feliz e saudável por dentro e por fora.

Filtros de água

Os Filtros FUSATI são a melhor opção de qualidade quando se fala em filtro de água, com excelente custo benefício, já que não usam energia elétrica. São retrolaváveis, ou seja, basta reverter o fluxo da água para a limpeza do filtro acontecer.

Além disso, sua manutenção é mais espaçada do que um purificador de água comum.

Com o filtro de água central da Fusati você pode contar com melhor água para beber, além de água potável e de qualidade saindo em todas as torneiras. Ideal para cozinhar, tomar banho e lavar a louça, protegendo a pele e a saúde de forma geral.

Filtros Fusati significam água e saúde! Com o uso do Filtro de água central feito em aço inox, você terá acesso a mais qualidade de vida e saúde para você e toda sua família.

Temos o filtro ideal para cada necessidade. Se a água não for de abastecimento público, podemos fazer o tratamento da sua água, seja água de poço, rio, nascente ou poço artesiano.

Para isso, usamos elementos filtrantes de qualidade e específicos para cada caso, como o uso de carvão ativado, quartzo, resina, areia ou outro tipo necessário. Tudo para garantir uma água limpa e própria para consumo ou uso.

Benefícios dos Filtros de Água Fusati

  • Retêm partículas sólidas em suspensão, tais como: areia, argila, ferrugem, entre outros;
  • Reduz a turbidez da água, retendo limo, grãos de areia e resíduos de encanamentos;
  • Retêm substâncias orgânicas em suspensão (bactérias, algas mortas, lodo etc.);
  • Evita o acúmulo de sujeira na caixa d’água, facilitando o processo de limpeza dos reservatórios;
  • Elevada eficiência na retenção de partículas de 5 a 15 μm (micra);
  • Aumenta a vida útil de chuveiros, aquecedores, máquinas de lavar-roupas, lava-louças e outros equipamentos que utilizam água;
  • Diminui a frequente necessidade de limpeza periódica do reservatório de água.

O Grupo Fusati tem como premissa a venda de produtos em associação com a excelência em serviços pós-venda, pois a confiabilidade na operação dos nossos equipamentos é a nossa maior prioridade.

Nosso compromisso é buscar sempre a superação das expectativas dos nossos clientes e garantir um serviço completo de assistência técnica nacional.

Entre em contato com a Fusati para que nossa equipe faça um orçamento personalizado, de acordo com as suas necessidades e preferências.

Envie e-mail para fusati@fusati.com.br, ou se preferir, fale com a Fusati pelo WhatsApp (19) 99608-0239 ou pelo telefone (19) 3301-6666, ou ainda, através da página de contato.

×
Olá, Podemos ajudar? Fale com um consultor!